DJ Marlboro

DJ Marlboro

Este brasileiro chamado Fernando Luiz Mattos da Matta e conhecido por “DJ Marlboro” é um dos criadores da música “funk” brasileira; este gênero é um cruzamento entre o rap e o freestyle. O seu LP Funk Brasil (1989) é um dos marcos do início do movimento “funk” no Brasil.

Ele teve a ideia de fazer versões em português das músicas americanas ao aperceber-se que as pessoas no Rio de Janeiro criavam as suas próprias versões das letras quando não percebiam o conteúdo em inglês. Uma das suas primeiras músicas “Melô da Mulher Feia” foi um sucesso na rádio, levando-o a criar mais músicas deste gênero e gravar o seu primeiro álbum. Mais tarde, Marlboro começou a escrever suas próprias músicas e lançou vários álbuns.

Este Dj diz que o funk é uma maneira de expressão que nasceu do povo. Ele explica que gravar não é uma prioridade para os artistas do funk, pois a ideia é ir a bailes e fazer a galera dançar. É um dos apoiantes da cena underground do Baile Funk, particularmente da música passada nesses bailes no Brasil. Ele diz que esses bailes sobrevivem há tanto tempo pois são feitos para agradar o público. Os artistas não precisam de reconhecimento da mídia, pois já têm o reconhecimento do seu público.

A revista Rolling Stone colocou Marlboro na Lista dos Cem Maiores Artistas da Música Brasileira na posição 100. A sua discografia é a seguinte:

  • Funk Brasil Vol 1(1989)
  • Funk Brasil Vol 2 (1990)
  • Funk Brasil Vol 3 (1991)
  • Funk Brasil Edição Especial(1994)
  • Funk Brasil Vol 5 (1996)

Este DJ já atuou em alguns dos maiores festivais de música eletrônica do mundo como o Sonar em Spain, Brasil 40 Degrees em Londres, Summer Stage Central Park em New York, Tim Festival no Rio, Sonarsound em São Paulo e Elektronika em Belo Horizonte.